Como espantar pernilongos: conheça mitos e verdades sobre o tema

Os pernilongos realmente podem nos tirar do sério. Entenda aqui como espantar esses insetos e se livrar das picadas!
Como espantar pernilongos: conheça mitos e verdades sobre o tema

Como espantar pernilongos e acabar de uma vez por todas com o incômodo que eles causam? Entenda aqui como métodos caseiros e químicos funcionam! 

Seja pelas picadas ou pelo barulho irritante, esses mosquitos podem tornar dias e noites tranquilos em momentos desagradáveis. 

Com certeza, você já ouviu falar de diversas dicas para espantar pernilongos. Mas como saber se elas são eficazes mesmo? 

Chamamos um pesquisador em entomologia (a ciência que estuda os insetos) para nos ajudar nessa tarefa. Robert Granda é mestrando pela Universidade Federal de Viçosa e a seguir esclarece tudo o que você precisa saber sobre como espantar pernilongos. 

Por que é importante saber como espantar pernilongos? 

Você sabia que apenas as fêmeas dos pernilongos nos causam sofrimento com as temidas picadas? 

Elas são atraídas por odores naturais da pele dos seres humanos e preferem o horário da noite para agir, como você já deve ter percebido. 

Além disso, o tempo de vida de um pernilongo é, em média, de 30 a 90 dias. Parece pouco tempo, mas é o suficiente para nos causar alergias e irritações graves. E essa é uma das razões pelas quais é importante saber como espantar pernilongos. 

s3.amazonaws.com/www.ypedia.com.br/wp-content/uploads/2021/08/17182845/como-espantar-pernilongos-que-causam-alergias-scaled.jpg

O pernilongo que mais temos contato no dia a dia é o Culex Quinquefasciatus, um mosquito do gênero Culex, que tem cerca de outras 300 espécies. 

Nesse sentido, os pernilongos podem até mesmo transmitir algumas doenças. Por exemplo, ele é o principal vetor da elefantíase e pode causar a febre do Nilo Ocidental. 

Robert explica que os mosquitos são um importante vetor de zoonoses (doenças transmitidas por animais):  

“Um mosquito bem conhecido devido aos programas de saúde pública do governo é o Aedes aegypti, transmissor de doenças, como dengue, chikungunya, zika vírus e febre amarela. 

Outras doenças transmitidas por mosquitos são a malária, levada por fêmeas infectadas de mosquitos do gênero Anopheles, e a leishmaniose, que pode atingir cães e seres humanos, transmitidas pelo mosquito-palha, do gênero Lutzomyia.” 

Inclusive, você pode conferir nossas dicas para eliminar focos de dengue clicando aqui! 

De qualquer forma, é bom ficar atento e manter qualquer tipo de mosquito o mais longe possível da sua casa. 

Esclarecendo a eficácia dos métodos conhecidos para espantar pernilongos 

Chegou a hora de conferir se aquele truque que você conhece funciona ou não para espantar pernilongos. 

Como informa o pesquisador Robert, nenhuma técnica funciona sozinha. Vamos começar com uma das mais conhecidas: 

Velas de citronela 

“As velas de citronela funcionam enquanto queimam, pois liberam o óleo essencial, que tem ação repelente. Podem ser usadas para espantar os mosquitos, e depois fechar as portas e janelas”. 

s3.amazonaws.com/www.ypedia.com.br/wp-content/uploads/2021/08/17182838/como-espantar-pernilongos-com-vela-citronela-scaled.jpg

Mas, atenção, esse método não funciona para o Aedes aegypti. De acordo com uma pesquisa do Journal of Insect Science, da Universidade de Oxford, feita em 2017, as velas de citronela foram apontadas como inúteis na hora de afastar o mosquito da dengue. 

Pó de café  

Segundo Robert, a queima de pó de café para espantar pernilongos também tem efeito momentâneo.  

“A fumaça criada é bem forte, e não aconselho o uso, pois acabamos respirando sua fumaça, além de ter os perigos associados ao uso do fogo, assim como na vela. Sempre tenham muito cuidado, uma vela ou pó de café queimando pode começar um incêndio!”, alerta Robert. 

Vinagre e detergente 

Esta dupla é um clássico para nos salvar em muitas situações de limpeza doméstica. Porém, não há nenhuma evidência científica de que isso funcione para espantar pernilongos. 

“Dizem que receitas de vinagre com detergente e água atraem o mosquito, que ao ingerir a solução com detergente se intoxica, morrendo depois de algum tempo. Eu não conheço nenhuma comprovação para esta receita, mas, se for 

testar, tenha os devidos cuidados para que crianças e animais domésticos não 

tenham acesso a essa mistura”, diz Robert. 

Plantas como alecrim e manjericão 

Se a planta tem um cheiro forte e intenso, espanta os pernilongos, certo? Não é bem assim. 

De acordo com Robert, a pulverização de tinturas repelentes (soluções concentradas de partes da planta e álcool) tem efeito breve, assim como a vela de citronela. Após algum tempo, o efeito na pulverização vai diminuir e os insetos tendem a voltar. 

s3.amazonaws.com/www.ypedia.com.br/wp-content/uploads/2021/08/17183004/como-espantar-pernilongos-com-alecrim-manjericao-scaled.jpg

Repelente ultrassônico 

Você já ouviu essa? Dizem que é possível repelir mosquitos por meio do som, mas isso não passa de um boato. 

É uma ideia que ganha adeptos por seu viés sustentável, porém é ineficiente. Inclusive, de acordo com a ciência, o som pode até fazer os pernilongos picarem mais. 

Então, melhor deixar essa ideia pra lá. Tomara que você esteja lendo isso antes de cair na cilada de comprar um repelente à base de som! 

Repelentes industrializados 

Os melhores aliados na hora de espantar mosquitos por mais tempo são produtos químicos.  

De acordo com a Anvisa (Agência Nacional de Saúde), existem três princípios ativos registrados nos repelentes industriais: o DEET (n,n-Dietil-meta-toluamida), o IR3535 e a Icaridina. 

Na hora de afugentar os pernilongos, procure por repelentes que contêm algum desses compostos na fórmula. 

Os repelentes eficazes contra pernilongos podem ser elétricos (aqueles que vão na tomada) ou de uso tópico, em que você aplica sobre a pele. Os dois métodos funcionam.  

Como lembra Robert, utilize com os devidos cuidados citados na embalagem do produto. 

s3.amazonaws.com/www.ypedia.com.br/wp-content/uploads/2021/08/17182945/como-espantar-pernilongos-com-repelente-t%C3%B3pico-scaled.jpg

Inseticidas 

Os inseticidas são letais para os mosquitos. E nós, seres humanos, devemos evitar o contato com esses produtos. Por isso, ao aplicá-los devemos sair do ambiente, proteger alimentos, evitando também aplicações sobre camas, sofás e outras superfícies com a qual tenhamos contato. 

São ferramentas paliativas quando utilizadas sozinhas, pois os mosquitos voltarão depois de algum tempo. 

Cravo e álcool 

Este método demora um pouco para ficar pronto, mas funciona, por causa da ação do álcool e porque “alguns estudos demonstram a ação repelente do óleo 

essencial do cravo-da-índia. De qualquer forma, seu uso tem efeito durante um período de tempo limitado”, diz Robert. 

Para espantar pernilongos com cravo e álcool é simples:  

Em um recipiente, coloque 200 g de cravo-da-índia de molho em 200 ml de álcool e deixe a mistura descansando por 3 dias.  

Depois, coe a solução para retirar os cravos e passe o líquido para um recipiente com borrifador. Pronto, agora é só aplicar na pele e espalhar bem. Reaplique o repelente de cravo e álcool sempre que suar ou lavar o corpo.  

Ar-condicionado frio 

Os pernilongos não suportam baixas temperaturas (abaixo de 15 ºC) e os que sobrevivem não ficam ativos para poder economizar energia e manter o corpo aquecido. 

“Como o frio desfavorece o desenvolvimento do inseto, pode ajudar a reduzir suas populações, assim como evitar sua aproximação”, conta o especialista. 

Mas não significa que você precisa ficar em um ambiente congelante. Essa é uma ajuda útil para espantar os pernilongos, mas o ar-condicionado sozinho não é capaz de exterminar mosquitos. 

Você precisará da ação de repelentes como os que já citamos aqui e pode pôr em prática os conselhos que indicaremos nas próximas linhas.  

5 dicas para acabar com pernilongos em casa 

Todo reforço é bem-vindo na hora de espantar pernilongos, não é mesmo?  

Eles adoram lugares úmidos, então procuram se esconder em plantas. Outro lugar que os pernilongos adoram são as sombras e lugares escuros, onde enxergam melhor. Portanto, é comum encontrá-los atrás de portas ou embaixo das camas. 

No verão, nem se fala, pois o clima favorece todos os estágios de desenvolvimento do inseto. Robert explica: 

“As temperaturas mais altas fazem com que o metabolismo dos insetos, assim como o nosso, esteja mais ativo. Assim, o inseto se desenvolve mais rápido, chegando antes até a vida adulta, quando acasalará e, no caso dos mosquitos, se reproduzirá botando seus ovos. 

Além disso, nos meses mais quentes, a maior frequência de chuvas faz com que esses mosquitos encontrem água acumulada mais facilmente. Vasos de plantas, calhas entupidas e lixo acumulado são exemplos de lugares em que a água acumula. Com a maior disponibilidade de água parada, esses insetos têm tudo que precisam, por isso se reproduzem mais. Assim percebemos eles em maior quantidade e com maior frequência”. 

Confira as principais dicas para evitar a proliferação de pernilongos na sua casa ou, caso apareçam, você saber como expulsá-los na hora. 

1. Evite o acúmulo de água parada; 

2. Coloque telas mosquiteiras na janela; 

3. Ligue o ventilador: ele desestabiliza o voo do mosquito; 

4. Aposte nas raquetes elétricas; 

5. Se possível, feche as portas e janelas da casa antes de anoitecer. 

Anotou tudo? Seguindo essas dicas, adeus pernilongos! 

Compartilhe este conteúdo com os amigos e familiares que precisam saber agora mesmo como espantar pernilongos. 

Tem outro tipo de inseto por aí tirando o seu sossego? Aprenda aqui como espantar moscas ou como acabar com as formigas em casa. 

Você achou esse artigo útil?

Como espantar pernilongos: conheça mitos e verdades sobre o tema