Como escolher panela de pressão?

Diante de tantas opções disponíveis a simples tarefa de escolher um utensílio doméstico pode se tornar um grande desafio! São tantas versões disponíveis que fica difícil entender as diferenças e fazer uma escolha. Vem com a gente entender o que você precisa considerar na hora de escolher uma panela de pressão.
Como escolher panela de pressão?

Na hora de montar a cozinha, uma das dúvidas é como escolher panela de pressão. Afinal, o mercado está cheio de opções, com diferentes tamanhos, materiais, acabamentos e dispositivos.

A panela de pressão é uma superaliada na cozinha. Ela acelera significativamente o tempo de cozimento dos alimentos e, consequentemente, ajuda na economia de energia (seja gás ou energia elétrica).

Como funciona a panela de pressão

A panela de pressão cozinha mais rápido, porque permite um ponto de ebulição superior ao normal. No ambiente normal, o ponto para a fervura da água é 100 °C, enquanto na panela de pressão, isso pode chegar a 120 °C.

Isso acontece porque a borracha impede a saída do vapor da água, o que aumenta a pressão interna da panela. Depois de concentrar uma quantidade de vapor maior, ele consegue empurrar a válvula e sair da panela. É quando começa o barulhinho típico de quando “pega a pressão”. É essa saída que permite que a pressão não exceda o compatível com a panela – assim, ela não explode.

A partir daí, é possível baixar o fogo ou a potência no caso dos elétricos, sem prejudicar o tempo de cozimento – porque lá dentro continua muito, mas muito quente.

Como escolher panela de pressão três critérios

O mecanismo da panela de pressão é o mesmo em qualquer modelo. Porém, existe uma grande variedade de materiais, tamanhos e dispositivos de segurança. Observar esses itens é fundamental para escolher a melhor panela de pressão para sua casa:

Como escolher panela de pressão pelo material

As panelas de pressão costumam ser de alumínio, aço inoxidável ou multicamadas.

A vantagem do alumínio é o peso mais leve e a rapidez com que atinge a temperatura, devido à boa condutividade térmica. A desvantagem é que amassa com mais facilidade. As de alumínio podem ser ainda revestidas com material antiaderente para facilitar a limpeza.

As de aço inox demoram um pouco mais para atingir a pressão de cozimento, mas conseguem manter a temperatura por mais tempo. Isso permite um cozimento mais gradual, bom para carnes e ensopados. Outra vantagem é que o aço inox não libera resíduos no alimento, como o alumínio. Além disso, pode ser usada em fogões de indução. Porém, o aço inox é um material mais pesado e difícil de manusear.

As panelas de pressão multicamadas reúnem as melhores características das outras duas panelas: a leveza e a boa condutividade térmica do alumínio e a durabilidade e retenção da temperatura do inox. Porém, costumam ser mais caras. Algumas apresentam ainda o revestimento cerâmico interno e externo que ajuda a manter a pureza dos alimentos e também conferem um charme no visual da panela.

Leia também: Como limpar panela de inox e conservá-las do jeito certo

Como escolher panela de pressão pelo volume

Na hora de escolher a panela de pressão, tamanho importa! Modelos de 2,5 litros a 3 litros são recomendados para duas pessoas. As famílias maiores pedem modelos maiores, a partir de 4,5 litros.

Não esqueça que o volume a ser ocupado pela panela é de, no máximo, dois terços (elas têm uma marquinha indicando o limite). E considere também na sua escolha o espaço que você terá para guardar a panela.

Como escolher panela de pressão pelos dispositivos de segurança

Muitas pessoas têm medo de panela de pressão pelo risco de acidentes que podem ocorrer pelo mau uso. Porém, as panelas mais modernas vêm com vários dispositivos de segurança que impedem essas explosões.

Fixadores de tampa, travas de segurança, dispositivos que aliviam a pressão das válvulas em caso de entupimento, outros que impedem entupimento são alguns desses mecanismos.

As panelas mais seguras costumam contar com quatro a cinco dessas seguranças. Além disso, observe a forma de fechamento, se é interno ou externo.

As de fechamento externo (a tampa fica por fora da panela e não dentro) encaixam com mais facilidade, garantindo uma melhor vedação.

O indicador de pressão também é importante para avisar o momento de abrir a panela.

Como escolher panela de pressão? Três perguntas para ajudar no momento da compra

Algumas perguntas podem ajudar a guiar você na escolha da melhor panela de pressão. Confira:

Para quantas pessoas você costuma cozinhar?

Para famílias pequenas de 3 pessoas, modelos de 3 litros são suficientes. Se você gosta de cozinhar em quantidades maiores, os modelos acima de 4,5 litros são mais indicados.

Que tipo de fogão você tem? A gás, elétrico ou de indução?

Para os fogões de indução, é necessário que as panelas de pressão sejam de fundo triplo, com aço inox. Um teste que pode ser feito é grudar um imã no fundo da panela. Se ele grudar, a panela funciona no cooktop de indução.

Para fogões elétricos ou de indução observe ainda se o fundo da panela é bem plano para garantir a distribuição adequada do calor.

Nos fogões a gás, todos os modelos funcionam satisfatoriamente.

Você tem muito medo de panela de pressão?

Observe os modelos com mais dispositivos de segurança. As panelas de pressão elétricas podem ser uma boa opção, já que têm mecanismos que automatizam a temperatura e a pressão, além de funções específicas para diferentes tipos de alimentos.

Independentemente do modelo escolhido, ao chegar em casa com sua panela nova, leia o manual atentamente e faça uma primeira lavagem antes do uso.

Mas, afinal, você sabe como usar panela de pressão corretamente?
Trouxemos um passo a passo completo aqui!

Você achou esse artigo útil?

Como escolher panela de pressão?